Alegria

10 de outubro de 2020

Vigésimo Oitavo Domingo, Ano A

A mesa da bondade está preparada para todos os que queiram participar na boda e partilhar a alegria: «a sala do banquete encheu-se de convidados». Há apenas um único requisito: para tomar parte entre os comensais, é necessário apresentar-se de forma digna, ou seja, estar revestido da alegria do Evangelho.
9 de outubro de 2020

Festa da caridade

A vida em comunhão com Deus é descrita como uma manifestação de amor e alegria. A alegria e a caridade podem ser dois sinais proféticos para a credibilidade da nossa fé. Tantas vezes a Bíblia usa a imagem festiva do banquete para descrever o amor divino. Porque não fazermos o mesmo para despertar nos outros o desejo de Deus?
8 de outubro de 2020

Um banquete

A mesa da bondade está preparada para todos os que queiram participar na boda e partilhar a alegria: «a sala do banquete encheu-se de convidados». Esta imagem do reino de Deus como saborosa degustação é muito sugestiva: «um banquete de manjares suculentos, um banquete de vinhos deliciosos».
26 de setembro de 2020

Vigésimo Sexto Domingo, Ano A

Há momentos em que dizemos ‘sim’ com os lábios, mas o coração fica preso ao ‘não’. Para Deus, a sinceridade do coração é mais decisiva do que as discordâncias, quando existe disponibilidade para seguir os seus caminhos.
25 de setembro de 2020

Humildade e alegria

A humildade e a alegria enchem a vida pessoal e comunitária com o bom odor do Evangelho de Jesus Cristo. Estas duas atitudes completam aqueloutras do amor e do perdão, da ternura e da misericórdia, todas elas essenciais para a harmonia de uma comunidade cristã.
24 de setembro de 2020

Os mesmos sentimentos que havia em Cristo

A coerência é tópico em destaque neste Vigésimo Sexto Domingo (Ano A). Há momentos em que dizemos ‘sim’ com os lábios, mas o coração fica preso ao ‘não’. Em qualquer caso, para Deus, a sinceridade do coração é mais decisiva do que as discordâncias, quando existe disponibilidade para seguir os seus caminhos. Com humildade e alegria, assumindo «os mesmos sentimentos que havia em Cristo Jesus», entremos nesta lógica do amor divino.
8 de setembro de 2020

Viver a missão com alegria e paixão

A alegria e a ação de graças, nestes tempos conturbados, podem-nos estimular a abrir o nosso coração à esperança, pois sabemos que Deus não abandona os seus filhos. Como diz Maria, Deus estende a sua misericórdia de geração em geração. Cada um de nós, impulsionado pelo Espírito Santo, pode viver a própria missão com esperança, com paixão, com fé generosa, com ardente caridade.
22 de agosto de 2020

A qualidade do testemunho

Se a vida cristã é uma vida triste, se o anúncio do Evangelho é uma coisa sisuda, algo está mal nesta vida e no anúncio. Neste sentido, o gozo e a alegria, resultado da atuação do Senhor nas nossas vidas, pode ser um bom barómetro para medir o grau de acolhimento do Espírito Santo e a qualidade do nosso testemunho.
4 de julho de 2020

Décimo Quarto Domingo, Ano A

Jesus Cristo não dá uma definição de oração. Este Mestre recorre poucas vezes à teoria. Prefere a prática, quer porque convida a fazer, quer porque, ainda melhor, mostra como se faz, dá o exemplo. É o caso do evangelho proposto para o Décimo Quarto Domingo (Ano A).
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share