Reflexões breves

22 de fevereiro de 2020

Coração aberto ao outro

Quando te empenhas em acolher os teus familiares e amigos, Jesus Cristo eleva a fasquia, diz que não é suficiente. O Mestre aponta outro horizonte: mostra que Deus não faz aceção de pessoas; e convida-te a fazer o mesmo. A arte de acolher é exigente, precisa de contínua revisão e renovação.
18 de fevereiro de 2020

Leva contigo a tua oração

No dia 17 de fevereiro de dois mil e dez, surgia, pela primeira vez, um ficheiro áudio, em português, com uma proposta de oração acompanhada por um fundo musical, que podia ser descarregado para o computador ou qualquer dispositivo móvel, a fim de ser escutado em qualquer hora e em qualquer lugar: Passo-a-rezar.
15 de fevereiro de 2020

Sonhar o amor

O namoro é tempo de discernimento aberto à decisão livre e consciente de assumir ou suspender o (desejado) projeto de amor. Há que prever essa alternativa, sem deixar de permanecer como bons amigos, ainda que a rutura comporte sempre uma certa dose de sofrimento. Não seja até descabida essa mesma possibilidade para os primeiros tempos de noivado.
11 de fevereiro de 2020

Amparo e alívio, solicitude e tratamento

«Vinde a Mim, todos os que estais cansados e oprimidos, que Eu hei de aliviar-vos» foi a frase bíblica para assinalar esta jornada mundial dedicada ao doente. As palavras dirigidas aos profissionais de saúde também se aplicam a todos nós: «Quando não puderdes curar, podereis sempre cuidar com gestos e procedimentos que proporcionem amparo e alívio ao doente».
8 de fevereiro de 2020

Cheio de fraqueza

O que é que nos vem à mente quando somos estimulados a pensar em ‘vulnerabilidade’? A aceitação da vulnerabilidade é sustentada pela saudável autoestima, que permite assumir todas as fragilidades como constitutivas da beleza pessoal. Certo é que a vulnerabilidade não é atitude confortável, mas também não precisa de ser dolorosa.
4 de fevereiro de 2020

Protagonistas do futuro

O primeiro domingo de fevereiro é Dia da Universidade Católica. O caminho do futuro passa pelo assumir de «uma espécie de providencial laboratório cultural onde a Igreja se exercita na interpretação performativa da realidade que brota do evento de Jesus Cristo e se nutre dos dons da Sabedoria e da Ciência, com que o Espírito Santo enriquece de várias formas o Povo de Deus».
1 de fevereiro de 2020

Barómetro de vitalidade

A dois de fevereiro, festa da Apresentação do Senhor, celebra-se, este ano pela vigésima quarta vez, o Dia Mundial da Vida Consagrada. Os consagrados hão de ser homens e mulheres que iluminam o futuro da Igreja e do mundo. Enquanto houver Igreja, haverá vida consagrada. O dinamismo da vida consagrada é um bom barómetro da vitalidade da Igreja.
28 de janeiro de 2020

Viver é mudar

Apraz recordar o discurso do Papa Francisco à Cúria Romana, na apresentação de votos natalícios. Da amplitude do discurso, tomamos para reflexão a pertinência da conversão, o dinamismo da memória e a preferência pelos processos. A renovação convida a «deixar-se questionar pelos desafios do tempo presente» e a «ler os sinais dos tempos com os olhos da fé».
25 de janeiro de 2020

Uma vez por todo o ano

Por iniciativa do Papa Francisco, no Terceiro Domingo do Tempo Comum, toda a Igreja é convidada a celebrar o «Domingo da Palavra de Deus», o dia da Bíblia. Um dia dedicado à Bíblia, esclarece o Papa, pretende ser «uma vez por todo o ano» e não «uma vez no ano». Todos hão de ser dias de encontro com a palavra divina presente nos textos bíblicos.