sede

7 de novembro de 2020

Trigésimo Segundo Domingo, Ano A

Estes dias mais sombrios do outono e a proximidade do final do ano litúrgico unem a humana finitude ao desejo de infinito. Em sintonia, surge a procura do sentido da vida. É uma época propícia para aprofundar a esperança dos ressuscitados.
6 de novembro de 2020

Saciar a sede

O salmo deste domingo sugere uma metáfora espiritual muito forte para nos ajudar a refletir sobre o nosso encontro com o esposo. É a imagem dos noivos que se amam. É preciosa esta imagem da sede de estar juntos, o passar a noite a pensar no amado, o desejo de encontro, como a necessidade de azeite para alimentar o fogo do amor. É assim a minha relação com Deus?
5 de novembro de 2020

Sede de Vós, meu Deus

Estes dias mais sombrios do outono e a proximidade do final do ano litúrgico unem a humana finitude ao desejo de infinito. É uma época propícia para aprofundar a esperança dos ressuscitados. Crente é aquele que está sedento de Deus, por quem suspira «como terra árida, sequiosa, sem água». Tenho ‘sede’ de Deus?
13 de março de 2020

Terceiro Domingo da Quaresma, Ano A

O Terceiro Domingo da Quaresma fala-nos de água que dá a alegria de viver, que sacia a nossa sede de paz e felicidade. Para nós, cristãos, esta sede só pode ser saciada pelo próprio Deus. Nesta ‘serie’ quaresmal, estamos a adquirir um novo hábito: alimentarmo-nos da ‘palavra que sai da boca de Deus’.
13 de março de 2020

Conhecer a fonte

O Terceiro Domingo da Quaresma (Ano A) fala-nos de água que dá a alegria de viver, que sacia a nossa sede de paz e felicidade. Para nós, cristãos, esta sede só pode ser saciada pelo próprio Deus. Nesta ‘serie’ quaresmal, estamos a adquirir um novo hábito: alimentarmo-nos da ‘palavra que sai da boca de Deus’.