Natal

4 de janeiro de 2020

Por outro caminho

O Natal completa-se com a chegada a Belém de uns personagens misteriosos que trazem ouro, incenso e mirra: são os ‘Reis’ Magos. Um rei há que ser procurado no palácio da capital, ou seja, a casa de Herodes, em Jerusalém. Enganaram-se. Este Rei dos reis só será encontrado entre os pobres, na ‘menor’ cidade judaica.
3 de janeiro de 2020

A mesma herança

O nascimento de Jesus não é só uma boa notícia e uma grande alegria para o povo judeu. É também para todos os povos que reconhecem a presença e Deus e o acolhem nos seus corações. Por isso se chama «Epifania», quer dizer, manifestação de Deus a toda a gente, aqui representada pelos Magos.
3 de janeiro de 2020

Da esperança à alegria

A Epifania é a manifestação de Deus a «uns Magos». Vista na perspetiva daqueles homens, pode-se apelidar esse acontecimento de «Festa dos Magos» ou «Dia de Reis». Mas o mais importante é que Deus se dá a conhecer e, neles, dá-se a conhecer a todos os tempos e culturas, até hoje.
31 de dezembro de 2019

Esperança renovada

A nossa vida está nas mãos de Deus. Somos filhos amados. Deus sustenta cada um dos dias deste novo ano que nos será dado viver. Como Maria, Mãe da esperança, conservemos a semente de esperança colocada por Deus no nosso coração. Um rebento capaz de germinar em vida nova.
26 de dezembro de 2019

Esperança agradecida

Contagiados pelo desejo e pela esperança, celebramos a humanidade de Deus num Menino recém-nascido no seio de uma família humana. A família de Nazaré nos inspire a pôr em prática, no seio das nossas famílias e comunidades (paroquiais), a mensagem paulina: «vivei em ação de graças».
25 de dezembro de 2019

A ditosa esperança

O Natal não é só o aniversário natalício de Jesus Cristo. É a celebração do nascimento de Deus em cada um de nós. É também o nosso nascimento que se torna possível. Jesus Cristo continua a ‘nascer’ no ‘presépio’ do nosso coração, esse lugar único em que se torna possível saborear a presença divina.
25 de dezembro de 2019

É Natal! Chegou o Natal!

É Natal! Chegou o Natal! A «ditosa esperança» entrou no mundo com a Incarnação do Filho de Deus, Jesus Cristo. Deus é fiel às suas promessas. A nossa esperança torna-se de facto ‘ditosa’ no pleno cumprimento daquilo que tinha sido anunciado: O Natal está a chegar! Eis-nos em dia de Natal.
24 de dezembro de 2019

Coração aberto ao mistério

O Natal convida a sentir no coração a ditosa esperança, a acolher a força dessa esperança inabalável que nos surpreende com o infinito, «porque está impregnada pelo milagre e é plena de mistério». Ainda que sejam breves os segundos de recolhimento, ao permanecer «de coração aberto ao mistério», seremos habitados pela magnitude da vida divina que de novo nos vem «oferecer a possibilidade de profundo rejuvenescimento».
19 de dezembro de 2019

Recebemos a graça e a missão

O Natal está a chegar! O Senhor deu-nos e dá-nos um sinal. Continua a fazer-se presente. Essa é a maior ‘boa notícia’. Jesus Cristo vem para salvar, seja o que for que precisas que seja salvo. Tu e eu «recebemos a graça e a missão»: a graça de acolher Jesus Cristo e a missão de anunciar a sua presença entre nós.
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share