Paulo

31 de outubro de 2020

Caminho para a vida

Pelo que sabemos, a vida plena em Deus implica ‘deixar’ este tempo e este mundo. A morte afigura-se como o (único) caminho possível para entrar nos céus, mergulhar no eterno de Deus. Unidos a Deus, sem fissuras no amor, a turbulência e a tristeza da morte dão lugar à esperança e à paz, até à alegria, no caminho para a vida.
21 de março de 2020

Felizes diante de Deus

Nós sabemos rezar muito bem, quando pedimos coisas e também quando agradecemos ao Senhor, mas a oração de louvor é um pouco mais difícil para nós. Aprendemos a louvar, quando fazemos memória das coisas que o Senhor fez na nossa vida. A memória agradecida torna-nos felizes diante do Senhor.
8 de fevereiro de 2020

Cheio de fraqueza

O que é que nos vem à mente quando somos estimulados a pensar em ‘vulnerabilidade’? A aceitação da vulnerabilidade é sustentada pela saudável autoestima, que permite assumir todas as fragilidades como constitutivas da beleza pessoal. Certo é que a vulnerabilidade não é atitude confortável, mas também não precisa de ser dolorosa.
7 de fevereiro de 2020

O ‘poder’ da fragilidade

O segundo capítulo da Primeira Carta aos Coríntios apresenta do método de evangelização apostólico de Paulo: promove o acolhimento, constrói relacionamentos saudáveis, potencia a fraternidade através do diálogo, paciência, perdão, sabe valorizar as próprias e alheias fragilidades.
5 de outubro de 2019

Semear esperança

‘Levantar-se’ e ‘multiplicar’ são duas ações que acompanham o «sair em missão com alegria» para «semear esperança». A primeira liga com o «sair em missão com alegria» a caminho das próximas Jornadas Mundiais da Juventude (Lisboa, 2022). A segunda aponta para os frutos da vida e da missão das comunidades (paroquiais) que aceitam a proposta de «semear esperança».
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share