Igreja

5 de setembro de 2020

A bússola da vida

A caridade é a essência divina (Deus é amor; Deus é misericórdia), está entre as três maiores virtudes, constitui o centro do Evangelho, configura a nossa identidade de batizados e ressuscitados, precisa de ser a bússola que nos orienta em todos os momentos, o rosto dos nossos estilos de vida. Vamos implementar uma ‘cultura da caridade’ que veja mais além das assistências ocasionais ou das campanhas esporádicas de donativos!
29 de agosto de 2020

O ‘carisma’ da lucidez

Um bom pároco ou um bom bispo precisam de ser bons líderes, mais do que chefes. Ainda que lhes falte o ‘carisma’, pelo menos precisam da lucidez de se rodearem de bons colaboradores, quem sabe venham a ser esses os melhores líderes da comunidade paroquial ou diocesana. Sustentados pela oração e o discernimento, os pastores hão de chamar para seus conselheiros leigos esclarecidos e comprometidos.
15 de agosto de 2020

Um bom modo de habitar os céus

Maria, também na sua Assunção, pode ser apresentada como ícone e modelo da vida cristã. Ela precede-nos na humana peregrinação da vida e da fé: é a primeira discípula. De facto, neste mistério contemplamos a realização do que todo o cristão espera encontrar ao terminar a sua peregrinação neste mundo.
14 de julho de 2020

Uma ‘nova família’

A família que Jesus Cristo propõe, para além de qualquer outra consideração sobre as afinidades, é a que se fundamenta na fé e no amor, na escuta e na prática da palavra de Deus. Todas as pessoas são convidadas a fazer parte desta ‘nova família’. É uma pena que quando se fala de família, na Igreja, nos tempos atuais, parece que só se pensa num possível tipo de vínculo familiar!
4 de julho de 2020

Acompanhar a realidade

Não partilhar determinadas posturas não tem que ser um obstáculo para as acompanhar e apoiar naquilo que podem ter de positivo, bem como respeitá-las naqueles aspetos, mais ou menos discutíveis, que não partilhamos. A todas as realidades familiares podemos acompanhar com amor, respeito e conselho.
30 de junho de 2020

O cheiro das ovelhas

A evangelização, em qualquer circunstância, permanece a mesma: anunciar a boa notícia de Jesus Cristo. A pastoral não só pode mudar, como precisa de constante renovação. A evangelização contém sempre o mesmo bom odor de Jesus Cristo. A pastoral, porém, assume o cheiro próprio de cada uma das ovelhas.
30 de maio de 2020

Presença (in)visível do Espírito

O Pentecostes celebra o nascimento da Igreja, mas também evoca a origem da vida. A ação criadora do Espírito Santo está sempre presente em toda a História da Salvação. O Espírito Santo dá novo sentido a todas as coisas. A presença invisível do Espírito pode ser percebida na visível presença da vida. Esta pode ser uma chave para reconhecer a presença (ausência) do Espírito Santo: onde há vida, aí habita Deus.
5 de maio de 2020

Caminhos novos

A paragem radical em todas as atividades litúrgicas e pastorais, pode ser favorável à tomada de decisões, ainda que seja útil a prudência quanto à forma de as implementar. Bom princípio é ser sistemático, sem ser drástico. Aceitemos nas possibilidades que este tempo pode proporcionar à nossa vida pessoal e à nossa comunidade (paroquial), no presente e também no próximo futuro.
14 de abril de 2020

A ‘última’ verdade

A ressurreição reinterpreta toda a existência terrena de Jesus de Nazaré, «que passou fazendo o bem e curando a todos» (Atos 10, 38), e faz compreender a ‘última’ verdade mais profunda da história da salvação: a última palavra não é nossa e, muito menos, dos poderosos deste mundo; a última palavra é de Deus. Essa Palavra é Jesus de Nazaré, morto e ressuscitado, vivo para sempre.
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share