Igreja

16 de janeiro de 2021

Olhar o futuro

A Igreja Católica presente em Portugal convoca os jovens a serem agentes de evangelização: «Vinde inteiramente, vinde dizer que Cristo continua jovem e vive no meio de vós com a força do seu Evangelho, com a arma potente do seu e do vosso amor». Os jovens são «peritos na abertura à novidade, ao diferente, às pessoas e aos povos. Com eles a fraternidade é mais possível.
5 de janeiro de 2021

Outro modo de ser Igreja

A integração, a criatividade e a generatividade são dinamismos fundamentais, na hora de avaliar as comunidades a propósito dos desafios pastorais provocados pela pandemia. Este é o tempo para «provocar uma mudança de mentalidade» e «reviravolta cultural» liderada por homens e mulheres «sábios e santos dentro de todas as áreas do saber e do agir, criativos da palavra e do amor».
27 de outubro de 2020

Criativos na reflexão e ação

Como é que será a Igreja, como é que serão as paróquias e dioceses, depois desta pandemia do coronavírus (Covid 19)? Apesar das incertezas, em período de navegação à vista, é precisamente em tempos como este em que nos é dado viver que mais precisamos de imaginar o futuro, abertos à esperança, sem deixar de ser criativos na reflexão e na ação.
26 de setembro de 2020

Alcançar todas as periferias

O futuro da Igreja passa, como deseja o Papa, por apostar no discernimento sobre o caminho, conscientes de que «todos somos convidados a aceitar esta chamada: sair da própria comodidade e ter a coragem de alcançar todas as periferias que precisam da luz do Evangelho».
5 de setembro de 2020

A bússola da vida

A caridade é a essência divina (Deus é amor; Deus é misericórdia), está entre as três maiores virtudes, constitui o centro do Evangelho, configura a nossa identidade de batizados e ressuscitados, precisa de ser a bússola que nos orienta em todos os momentos, o rosto dos nossos estilos de vida. Vamos implementar uma ‘cultura da caridade’ que veja mais além das assistências ocasionais ou das campanhas esporádicas de donativos!
29 de agosto de 2020

O ‘carisma’ da lucidez

Um bom pároco ou um bom bispo precisam de ser bons líderes, mais do que chefes. Ainda que lhes falte o ‘carisma’, pelo menos precisam da lucidez de se rodearem de bons colaboradores, quem sabe venham a ser esses os melhores líderes da comunidade paroquial ou diocesana. Sustentados pela oração e o discernimento, os pastores hão de chamar para seus conselheiros leigos esclarecidos e comprometidos.
15 de agosto de 2020

Um bom modo de habitar os céus

Maria, também na sua Assunção, pode ser apresentada como ícone e modelo da vida cristã. Ela precede-nos na humana peregrinação da vida e da fé: é a primeira discípula. De facto, neste mistério contemplamos a realização do que todo o cristão espera encontrar ao terminar a sua peregrinação neste mundo.
14 de julho de 2020

Uma ‘nova família’

A família que Jesus Cristo propõe, para além de qualquer outra consideração sobre as afinidades, é a que se fundamenta na fé e no amor, na escuta e na prática da palavra de Deus. Todas as pessoas são convidadas a fazer parte desta ‘nova família’. É uma pena que quando se fala de família, na Igreja, nos tempos atuais, parece que só se pensa num possível tipo de vínculo familiar!
4 de julho de 2020

Acompanhar a realidade

Não partilhar determinadas posturas não tem que ser um obstáculo para as acompanhar e apoiar naquilo que podem ter de positivo, bem como respeitá-las naqueles aspetos, mais ou menos discutíveis, que não partilhamos. A todas as realidades familiares podemos acompanhar com amor, respeito e conselho.