Pai

27 de novembro de 2020

És uma missão

O Advento marca o ponto de encontro de um caminho bifurcado: o nosso itinerário até Jesus Cristo e a vinda de Deus à nossa humanidade. Deus rasgou os céus e desceu da forma mais admirável: fez-se carne, tornou-se humano como nós. Deus, o Criador, vem assumir a condição de criatura para nos oferecer a salvação, para nos mostrar o sentido da vida.
3 de julho de 2020

Saborear a quietude

O ritmo impôs-se tão frenético que o cansaço está entranhado na nossa vida. Até quando nos foi imposto um período mais calmo, ficamos cansados da quietude. Estamos tão habituados a pensar no que está para vir, no que temos de fazer a seguir, que já não sabemos saborear o instante de cada momento.
6 de junho de 2020

Santíssima Trindade, Ano A

A vida cristã está alicerçada na experiência pessoal de amizade com a Santíssima Trindade. Todos os dias lhe são dedicados. Contudo, neste domingo após o tempo pascal, a Igreja convida-nos a celebrar o nosso Deus (Trindade).
5 de junho de 2020

Recomeçar a amizade com Deus

A vida cristã está alicerçada na experiência pessoal de amizade com a Santíssima Trindade. Todos os dias lhe são dedicados. Contudo, neste domingo após o tempo pascal, a Igreja convida-nos a celebrar o nosso Deus (Trindade). Aceitemos iniciar, dar os primeiros passos como o recém-nascido.
4 de junho de 2020

O amor de Deus

A Santíssima Trindade é expressão de amor e comunhão. Este é um dia para celebrarmos, com solenidade, a presença de Deus na nossa vida. Aceitemos iniciar, dar os primeiros passos como o recém-nascido. Vamos (re)começar a nossa relação com Deus!
23 de maio de 2020

Metáfora e realidade

Quando é que Jesus Cristo sobe aos Céus, quando é que entra na vida em Deus para sempre e nunca mais morrer? No dia da ressurreição. A partir de Deus (ou dos Céus, significa o mesmo) assegura a perene efusão do Espírito, que ele entregou na crucifixão: ao morrer, diz o evangelho segundo João, entregou o seu espírito. Ao morrer, o que é que aconteceu? Isso mesmo, Deus acolheu-o para sempre no seu seio.
7 de maio de 2020

Não se perturbe o vosso coração

Ao sentir a pressão do medo e da incerteza, ficamos perturbados. Será que alguém vai encontrar uma solução? Na procura, podemos cair no erro de ‘ver’ apenas soluções terrenas. Será que temos fé nas palavras de Jesus? Tu continuas a dizer-nos: «Não se perturbe o vosso coração»!
7 de janeiro de 2020

Apontar a eternidade

A experiência do amor pode ser tão profunda até amar a existência do outro para além da morte. Isto leva-nos à essência verdadeira do amor humano, feito à imagem do Amor que é Deus: amo-te, amo-te a ti, porque eu sou assim. E por isso ser-te-ei fiel para além da morte. Só assim é que o amor aponta para a eternidade.
14 de setembro de 2019

Pai com entranhas maternas

A palavra humana não abarca a totalidade de Deus. As nossas expressões são sempre uma tentativa de aproximação à essência divina. É sugestivo que o Credo designe como ‘Pai’ e recorre às características próprias da maternidade: a que gera, a que dá à luz, a que transporta a criança no seu seio, é a mãe, embora evidentemente o pai também intervenha na geração.
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share