Deus

27 de novembro de 2020

És uma missão

O Advento marca o ponto de encontro de um caminho bifurcado: o nosso itinerário até Jesus Cristo e a vinda de Deus à nossa humanidade. Deus rasgou os céus e desceu da forma mais admirável: fez-se carne, tornou-se humano como nós. Deus, o Criador, vem assumir a condição de criatura para nos oferecer a salvação, para nos mostrar o sentido da vida.
26 de novembro de 2020

Somos todos obra das vossas mãos

Advento, tempo de profecia e de esperança: anúncio do Salvador. Nada nem ninguém, mesmo a fragilidade e o pecado, nos pode retirar a fonte da esperança: «Senhor, sois nosso Pai e nós o barro de que sois o Oleiro; somos todos obra das vossas mãos». A profecia chega à plenitude com a vinda do Salvador.
10 de novembro de 2020

A morte, sem ambiguidade

O mais grave, para o cristão, não é a morte física, mas a espiritual, esta sim é sempre consequência do pecado, porque se toma a decisão de ‘sair de casa’, longe da comunhão com Deus. Na medida em que nos aproximamos de Deus e nos tornamos semelhantes a Jesus Cristo, desvanecem-se o medo e a angústia, crescem a confiança e a esperança.
7 de novembro de 2020

Trigésimo Segundo Domingo, Ano A

Estes dias mais sombrios do outono e a proximidade do final do ano litúrgico unem a humana finitude ao desejo de infinito. Em sintonia, surge a procura do sentido da vida. É uma época propícia para aprofundar a esperança dos ressuscitados.
6 de novembro de 2020

Saciar a sede

O salmo deste domingo sugere uma metáfora espiritual muito forte para nos ajudar a refletir sobre o nosso encontro com o esposo. É a imagem dos noivos que se amam. É preciosa esta imagem da sede de estar juntos, o passar a noite a pensar no amado, o desejo de encontro, como a necessidade de azeite para alimentar o fogo do amor. É assim a minha relação com Deus?
5 de novembro de 2020

Sede de Vós, meu Deus

Estes dias mais sombrios do outono e a proximidade do final do ano litúrgico unem a humana finitude ao desejo de infinito. É uma época propícia para aprofundar a esperança dos ressuscitados. Crente é aquele que está sedento de Deus, por quem suspira «como terra árida, sequiosa, sem água». Tenho ‘sede’ de Deus?
31 de outubro de 2020

Caminho para a vida

Pelo que sabemos, a vida plena em Deus implica ‘deixar’ este tempo e este mundo. A morte afigura-se como o (único) caminho possível para entrar nos céus, mergulhar no eterno de Deus. Unidos a Deus, sem fissuras no amor, a turbulência e a tristeza da morte dão lugar à esperança e à paz, até à alegria, no caminho para a vida.
24 de outubro de 2020

Trigésimo Domingo, Ano A

A palavra de Deus coloca-nos diante do essencial: o imperativo do amor. Assim se expressa o maior mandamento da Lei: «Amarás». O exemplo vem do próprio Deus, fonte e meta do amor.
23 de outubro de 2020

A caridade dá que fazer!

O amor a Deus e ao próximo tem mais possibilidades de germinar e frutificar em nós, quando, de coração agradecido, reconhecemos que somos amados, sempre e desde sempre. Isto enche-nos de paz e de alegria, invade-nos de um desejo profundo de testemunhar o amor. Há, portanto, um mandamento prévio ao amar a Deus e ao próximo: deixar-se amar por Deus.
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share