Filho de Deus

19 de dezembro de 2020
Presépio

Custodiar o mistério da vida

A cada um de nós compete ir além da simples representação. O essencial é ser capaz de acolher o Menino Jesus em cada ser humano, sobretudo nos pobres e marginalizados da sociedade. A Escritura, logo no início, evoca a criação do ser humano à imagem e semelhança de Deus. Trazemos em nós um mistério maior que faz possível que o próprio Deus se torne um de nós!
7 de dezembro de 2020

Graça diante de Deus

Maria é a mais bela criatura, aquela que encontrou «graça diante de Deus», humilde e disponível para acolher o Salvador. A Imaculada Conceição é a prefiguração da Humanidade que «esmagará a cabeça» do pecado. Anuncia e revela o que todos havemos de ser: ícone do Pai, perfeita imagem e semelhança.
22 de agosto de 2020

Vigésimo Primeiro Domingo, Ano A

«Vós, quem dizeis que Eu sou?». Esta pergunta, no Vigésimo Primeiro Domingo (Ano A), contém um convite a renovar o encontro pessoal com Jesus Cristo: «Tu és o Messias, o Filho de Deus vivo».
21 de agosto de 2020

Confiar em Deus

«Vós, quem dizeis que Eu sou?». Não interessam as respostas dos livros. O que está em causa é uma resposta experiencial e vivencial, pela qual cada um expressa aquilo que provoca em si a maneira de pensar e de viver daquele Jesus de Nazaré, este nosso presente e vivo Jesus Cristo.
20 de agosto de 2020

Tu és o Messias

«Vós, quem dizeis que Eu sou?». Esta pergunta, no Vigésimo Primeiro Domingo (Ano A), contém um convite a renovar o encontro pessoal com Jesus Cristo: «Tu és o Messias, o Filho de Deus vivo». O cristão está na vida de um modo diferente de todos os outros. Assume como prioritário o encontro pessoal com Jesus Cristo. Procura a paz no colo de Deus, não nos prazeres deste mundo.
10 de janeiro de 2020

Acolher a todos

A Festa do Batismo de Jesus encerra o ciclo natalício e inicia a primeira semana do Tempo Comum, marca a passagem para uma sequência de domingos até ao tempo quaresmal. O presépio de Belém dá lugar às margens do rio Jordão. A missão começa com um gesto inédito.
9 de janeiro de 2020

Deus não faz aceção de pessoas

No domingo em que se celebra o Batismo de Jesus, a Escritura ‘desenha’ o retrato do Salvador. Ele, o Servo e Salvador, é «o Senhor de todos». Confirma que «Deus não faz aceção de pessoas». Revela a identidade de Filho de Deus atestada pela voz vinda dos céus e pela presença do Espírito Santo.