Comunidade

23 de janeiro de 2021

Ver a rezar ou rezar juntos?

O que é que sugerimos aos paroquianos para alimentar a oração em família? Quais são os recursos que temos disponíveis para fortalecer a fé dos casais jovens e dos idosos? Como é que podemos inspirar hábitos de louvor e adoração, através das redes sociais? Qual é a dinâmica paroquial para acompanhar o caminho de discipulado?
14 de novembro de 2020

Encontro dominical

O domingo é o dia propício para partilharmos a vida, recriarmos a maneira de estar juntos, alimentarmo-nos da Palavra e do Pão, sentirmo-nos enviados como apóstolos da caridade. A proposta arrisca promover uma experiência real de vida, a partir do coração da nossa fé cristã e católica, para que a fé seja vida em cada um de nós, fé ativa no coração da nossa vida.
26 de setembro de 2020

Vigésimo Sexto Domingo, Ano A

Há momentos em que dizemos ‘sim’ com os lábios, mas o coração fica preso ao ‘não’. Para Deus, a sinceridade do coração é mais decisiva do que as discordâncias, quando existe disponibilidade para seguir os seus caminhos.
25 de setembro de 2020

Humildade e alegria

A humildade e a alegria enchem a vida pessoal e comunitária com o bom odor do Evangelho de Jesus Cristo. Estas duas atitudes completam aqueloutras do amor e do perdão, da ternura e da misericórdia, todas elas essenciais para a harmonia de uma comunidade cristã.
19 de setembro de 2020

Aonde queremos chegar?

Os processos de renovação bem sucedidos foram capazes de desenvolver uma «imagem do futuro» apelativa e fácil de comunicar. Por isso, uma comunidade que se decide a implementar a transformação espiritual e pastoral (Renovação Inadiável) precisa de definir a ‘sua’ visão pastoral. Sem ela, o fracasso está assegurado!
18 de setembro de 2020

Inveja e murmuração

A inveja e a murmuração destroem a comunidade. São uma janela aberta para a entrada do mal, uma barreira ao amor e ao perdão. São um veneno que divide a comunidade. O Papa Francisco não se cansa de alertar para estes dois grandes males pessoais e comunitários.
17 de setembro de 2020

Viver de maneira digna do Evangelho

Deus toma a iniciativa de vir ao nosso encontro e a todos oferecer o seu amor. Ele quer-nos assim, à sua imagem e semelhança, sempre disponíveis para amar e perdoar. Precisamos de converter os olhares e os corações para acolher os pensamentos e os caminhos de Deus: «Procurai somente viver de maneira digna do Evangelho de Cristo».
11 de setembro de 2020

Perdoar 70×7

A comunidade cristã toma como fonte inspiradora o comportamento divino: «Não está sempre a repreender, nem guarda ressentimento. Não nos tratou segundo os nossos pecados, nem nos castigou segundo as nossas culpas». É um salto de qualidade que supera a rigidez da justiça humana e a dureza inflexível da vingança para mergulhar na dinâmica do perdão.