comunhão

10 de outubro de 2020

Vigésimo Oitavo Domingo, Ano A

A mesa da bondade está preparada para todos os que queiram participar na boda e partilhar a alegria: «a sala do banquete encheu-se de convidados». Há apenas um único requisito: para tomar parte entre os comensais, é necessário apresentar-se de forma digna, ou seja, estar revestido da alegria do Evangelho.
9 de outubro de 2020

Festa da caridade

A vida em comunhão com Deus é descrita como uma manifestação de amor e alegria. A alegria e a caridade podem ser dois sinais proféticos para a credibilidade da nossa fé. Tantas vezes a Bíblia usa a imagem festiva do banquete para descrever o amor divino. Porque não fazermos o mesmo para despertar nos outros o desejo de Deus?
8 de outubro de 2020

Um banquete

A mesa da bondade está preparada para todos os que queiram participar na boda e partilhar a alegria: «a sala do banquete encheu-se de convidados». Esta imagem do reino de Deus como saborosa degustação é muito sugestiva: «um banquete de manjares suculentos, um banquete de vinhos deliciosos».
4 de junho de 2020

O amor de Deus

A Santíssima Trindade é expressão de amor e comunhão. Este é um dia para celebrarmos, com solenidade, a presença de Deus na nossa vida. Aceitemos iniciar, dar os primeiros passos como o recém-nascido. Vamos (re)começar a nossa relação com Deus!
25 de abril de 2020

Como vamos fazer?

A partir do que existe (não a partir do vazio ou do nada, mas a partir do pouco que há) Jesus Cristo toma uma decisão para agir. E ao repartir, o que existe multiplica-se. Até ao ponto de, no final, haver sobras. Que fazer? Deitar fora? Não. Recolhê-las. Podem servir para outros ou para outra ocasião.
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share