Imortalidade

31 de outubro de 2020

Todos os Santos, solenidade

A solenidade de Todos os Santos, ano após ano, celebra a felicidade. É a meta de todos os que se deixaram amar por Deus e escolheram o caminho proposto pelo Mestre: «Bem-aventurados».
31 de outubro de 2020

Caminho para a vida

Pelo que sabemos, a vida plena em Deus implica ‘deixar’ este tempo e este mundo. A morte afigura-se como o (único) caminho possível para entrar nos céus, mergulhar no eterno de Deus. Unidos a Deus, sem fissuras no amor, a turbulência e a tristeza da morte dão lugar à esperança e à paz, até à alegria, no caminho para a vida.
30 de outubro de 2020

Até que a morte nos una

O mês de novembro, por vários motivos, tornou-se propício para recordar a nossa condição frágil e finita, associada à morte dos nossos familiares e amigos. Ainda bem que a Igreja, neste primeiro dia, nos convida a celebrar a santidade, a fonte e meta da nossa existência. Uns procuram a ‘amortalidade’, a morte da morte. Nós, cristãos, buscamos a imortalidade dos filhos de Deus.
29 de outubro de 2020

Bem-aventurados

A solenidade de Todos os Santos, ano após ano, celebra a felicidade. É a meta de todos os que se deixaram amar por Deus e escolheram o caminho proposto pelo Mestre: «Bem-aventurados». É a nossa meta, «a geração dos que procuram o Senhor», criados para sermos felizes em íntima relação filial com Deus.
12 de agosto de 2020

Bem-aventurada

Ao celebrar a solenidade da Assunção da Virgem Santa Maria, a Liturgia da Palavra recorda-nos que Jesus Cristo é o ‘primeiro’: «ressuscitou dos mortos, como primícias dos que morreram». E tudo se esclarece a partir do seu mistério pascal.
2 de novembro de 2019

A imortalidade do amor

Aprender a morrer é um exercício quotidiano que, paradoxalmente, traz melhor qualidade à existência, desperta um novo e verdadeiro olhar sobre a vida. Quem tem medo da morte, é porque tem medo da vida.
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share