Noivos

6 de novembro de 2020

Saciar a sede

O salmo deste domingo sugere uma metáfora espiritual muito forte para nos ajudar a refletir sobre o nosso encontro com o esposo. É a imagem dos noivos que se amam. É preciosa esta imagem da sede de estar juntos, o passar a noite a pensar no amado, o desejo de encontro, como a necessidade de azeite para alimentar o fogo do amor. É assim a minha relação com Deus?
15 de fevereiro de 2020

Sonhar o amor

O namoro é tempo de discernimento aberto à decisão livre e consciente de assumir ou suspender o (desejado) projeto de amor. Há que prever essa alternativa, sem deixar de permanecer como bons amigos, ainda que a rutura comporte sempre uma certa dose de sofrimento. Não seja até descabida essa mesma possibilidade para os primeiros tempos de noivado.