Fraternidade

17 de novembro de 2020

Começa nos mais próximos

O amor fraterno começa com aqueles que estão sempre ao nosso lado, em casa, na rua, no trabalho, na escola, no quotidiano. O mesmo se passa nas comunidades paroquiais. Comecemos pelos que estão connosco, pelos vizinhos, pelos membros do grupo, também os que são diferentes de nós. A diferença acolhida com amor fraterno deixa de ser um distanciamento para ser mútuo enriquecimento.
30 de outubro de 2020

Até que a morte nos una

O mês de novembro, por vários motivos, tornou-se propício para recordar a nossa condição frágil e finita, associada à morte dos nossos familiares e amigos. Ainda bem que a Igreja, neste primeiro dia, nos convida a celebrar a santidade, a fonte e meta da nossa existência. Uns procuram a ‘amortalidade’, a morte da morte. Nós, cristãos, buscamos a imortalidade dos filhos de Deus.
24 de outubro de 2020

Fazer avançar o mundo

Alguns hão de dizer que os sonhos são belos, mas irrealizáveis, são utopia. Como uma grande esperança, a utopia pode ser uma realidade, quando se proporcionam as condições e, juntos, se ousa dar o primeiro passo nessa direção. O impossível rima com passividade e braços cruzados, indiferença e resignação. O sonho rima com ousadia e entusiasmo, compromisso e ação.
13 de outubro de 2020

Somos todos irmãs e irmãos

Somos todos irmãs e irmãos, todos filhos do mesmo Pai. Cada um com as suas diferenças, que a todos enriquecem, quando acolhidas como dom; às vezes, provocam divisão e afastamento. A nossa missão é recordar o que nos aproxima e nos une como irmãos, sem ficar bloqueados pelo que nos diferencia. Importa viver mais o que nos une do que aquilo que nos separa.
26 de setembro de 2020

Alcançar todas as periferias

O futuro da Igreja passa, como deseja o Papa, por apostar no discernimento sobre o caminho, conscientes de que «todos somos convidados a aceitar esta chamada: sair da própria comodidade e ter a coragem de alcançar todas as periferias que precisam da luz do Evangelho».
18 de setembro de 2020

Inveja e murmuração

A inveja e a murmuração destroem a comunidade. São uma janela aberta para a entrada do mal, uma barreira ao amor e ao perdão. São um veneno que divide a comunidade. O Papa Francisco não se cansa de alertar para estes dois grandes males pessoais e comunitários.
4 de setembro de 2020

Correção fraterna

Deus criou o ser humano para a fraternidade e o amor. E convida-nos a ser guardiães dos nossos irmãos. Por isso, na comunidade cristã, todos somos custódios uns dos outros, certos de que a presença de Jesus Cristo ocupa o centro da fraternidade: «onde estão dois ou três reunidos em meu nome, Eu estou no meio deles». Sem isto não é possível entender a proposta evangélica de correção fraterna.
4 de agosto de 2020

A mesa e a missa

A missa é um aspeto essencial da refeição eucarística: não é para ficar sentado, mas para sair ao encontro dos outros e lhes anunciar a mesma boa nova vivida ao redor da mesa. Vivemos dentro da eucaristia o que queremos levar pelo mundo fora. O amor entre nós, cristãos, é para ser testemunhado a todos, em todos os lugares e circunstâncias. A mesa da eucaristia exprime a fraternidade universal.
22 de fevereiro de 2020

Coração aberto ao outro

Quando te empenhas em acolher os teus familiares e amigos, Jesus Cristo eleva a fasquia, diz que não é suficiente. O Mestre aponta outro horizonte: mostra que Deus não faz aceção de pessoas; e convida-te a fazer o mesmo. A arte de acolher é exigente, precisa de contínua revisão e renovação.
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share