sem-medo-playoffsem-medo-playons

Sem medo!

Série para a Páscoa, Ano A



Nesta ‘série’, constatamos que o medo é uma escolha, do mesmo modo que podemos optar pela confiança que brota da paz interior.


SABER MAIS

SEM MEDO!

Páscoa 2020

Nesta 'série', constatamos que o medo é uma escolha, do mesmo modo que podemos optar pela confiança que brota da paz interior.

LITURGIA FAMILIAR

Somos importantes

Domingo da Ascensão, Ano A



Proposta elaborada a partir da ferramenta ‘Ter uma só mensagem’ e dos subsídios publicados pelo padre Amaro Gonçalo Lopes


SABER MAIS

Laboratório da fé



"Cada um de vós pode encontrar dentro si mesmo a dialética feita de perguntas e respostas. Cada qual pode examinar as dificuldades que sente na fé e experimentar inclusive a tentação da incredulidade. Mas, ao mesmo tempo pode experimentar também uma gradual maturação na consciência e na convicção da sua própria adesão de fé. Com efeito, neste admirável laboratório do espírito humano, que é o laboratório da fé, sempre se encontram mutuamente Deus e o ser humano" (João Paulo II)

home_labfe_renovacao_play1home_labfe_renovacao_play

Renovação Inadiável



O Laboratório da fé apresenta um plano para fazer da paróquia uma comunidade viva, ativa e alegre, cheia de entusiasmo por Jesus Cristo. Chamamos-lhe ‘renovação inadiável’.


SABER MAIS
 

Ter uma só mensagem, ferramenta para a renovação da paróquia


O Laboratório da fé propõe que o plano de Renovação Inadiável se inicie com a ferramenta ‘Ter uma só mensagem’. É uma das dinâmicas para acelerar a ‘Participação ativa e criativa’, um dos seis passos do nosso ‘Caminho de Páscoa’.


SABER MAIS

Reflexões breves



19 de maio de 2020

Escancarar o coração

A experiência do encontro pessoal com Jesus Cristo foi o primeiro grande desafio a todos os cristãos católicos, na homilia de início do pontificado (22 de outubro de 1978): «Não tenhais medo de acolher Cristo [...]. Não, não tenhais medo! Antes, procurai abrir, melhor, escancarar as portas a Cristo! [...] Não tenhais medo!».
16 de maio de 2020

Confiar na sorte

O Espírito Santo não atua de forma automática ou mágica. Atua sempre connosco e nunca sem nós. Não se pode confundir a ação do Espírito Santo com a espontaneidade e a improvisação. A sua ação está ligada ao nosso esforço e dedicação. Atua, mas através da procura, do empenho, da sensibilidade e da inteligência humana.
12 de maio de 2020

Um abraço de esperança

A Fátima, este ano, peregrinamos pelo coração. «Fátima é sobretudo este manto de Luz que nos cobre, aqui como em qualquer outro lugar da Terra quando nos refugiamos sob a proteção da Virgem Mãe» (Papa Francisco). De Fátima, recebemos um abraço de esperança «que nos sustente sempre, até ao último respiro».
9 de maio de 2020

A alegria partilhada

Na mesa, realiza-se a dupla união dos crentes com Jesus Cristo, pela Eucaristia, e dos irmãos entre si, pelo pão partido, repartido e partilhado. Numa mesa assim, antecipa-se a alegria do Reino dos Céus. Se não nos empenharmos, aqui e agora, a promover mesas assim, não teremos qualquer elemento para comparar o Reino e, portanto, não teremos modo de o fazer compreender, nem desejar.
5 de maio de 2020

Caminhos novos

A paragem radical em todas as atividades litúrgicas e pastorais, pode ser favorável à tomada de decisões, ainda que seja útil a prudência quanto à forma de as implementar. Bom princípio é ser sistemático, sem ser drástico. Aceitemos nas possibilidades que este tempo pode proporcionar à nossa vida pessoal e à nossa comunidade (paroquial), no presente e também no próximo futuro.
2 de maio de 2020

Trinta e um dias com Maria

Exortados a entrar na ‘casa’ de Maria para partilhar o ‘óleo da fé e da alegria’, contemplamos a esperança que a ilumina. O rosário é também a ‘escola’ de Maria, que nos ensina a contemplar, em várias perspetivas, momentos da vida o Filho de Deus: recordar Cristo com Maria; aprender Cristo de Maria; configurar-se a Cristo com Maria; suplicar a Cristo com Maria; anunciar Cristo com Maria.

Reflexões dominicais



21 de maio de 2020

Eu estou sempre convosco

Jesus Cristo não está nos anais da história como um defunto que é recordado pelo seus feitos. Está vivo, está connosco. Ele interessa-se por nós, cuida de nós, sempre. Ressuscitado, não permanece apenas num lugar, mas ‘eleva-se’ para estar presente em todos os lugares da terra: «Eu estou sempre convosco até ao fim dos tempos».
14 de maio de 2020

Não vos deixarei órfãos

O cristão não esmorece na esperança. Não deixa que o medo lhe roube a esperança! O Ressuscitado não nos deixa órfãos, não nos abandona. Pelo Espírito que habita em nós, podemos aclamar o Senhor que nos livra do medo. Pelo Espírito que habita em nós, podemos dar testemunho da nossa fé.
home_labfe_renovacao_play1home_labfe_renovacao_play

Reflexões breves


Estão disponíveis todas as reflexões breves.


Em breve, vamos disponibilizar outros conteúdos


  • Sacramentos.
  • Credo.
  • Recursos.

Novidades

Inscreve-te para receber as novidades do Laboratório da fé.