PARÓQUIAS MISSIONÁRIAS

RENOVAÇÃO INADIÁVEL

Paróquias,

Âmbito para a escuta da palavra

«A evangelização requer a familiaridade com a Palavra de Deus, e isto exige que as dioceses, paróquias e todos os grupos católicos proponham um estudo sério e perseverante da Bíblia e promovam igualmente a sua leitura orante pessoal e comunitária». Neste fragmento do número 175 da Exortação Apostólica sobre o anúncio do Evangelho no mundo atual (EG) estão os dois pontos que vamos abordar: «Estudo sério e perseverante da Bíblia» (EG 174-175); «Leitura orante pessoal e comunitária» (EG 152-153). Queremos contribuir para fazer ecoar o convite do Papa: «Acolhamos o tesouro sublime da Palavra revelada!» (EG 175).

Paróquias,

Uma nova etapa evangelizadora

Uma paróquia missionária foca a sua atenção na natureza, identidade, vocação e missão da Igreja: evangelizar. «A Igreja peregrina é, por sua natureza, missionária» (Decreto sobre a atividade missionária da Igreja, AG 2), a Igreja «existe para evangelizar» (Paulo VI, Exortação Apostólica sobre a evangelização no mundo contemporâneo, EN 14).

Paróquias,

Presença eclesial no território

A paróquia tem a missão de ser a presença visível da Igreja, numa determinada parcela do território diocesano. E não se reúne à volta de um carisma particular, mas é uma comunidade a «título batismal». Para continuar a assumir a primazia na missão evangelizadora, tem de ser «capaz de se reformar e adaptar constantemente».

Paróquias,

Paróquias missionárias

Como ‘criar’ paróquias missionárias? Como ultrapassar as resistências à mudança? O objetivo é implementar uma dinâmica missionária em cada comunidade paroquial, a «renovação inadiável».

Tens dúvidas sobre estes conteúdos?

Queremos entrar em diálogo contigo!