Sebastià Taltavull Anglada

6 de agosto de 2019

Cultura do encontro

À primeira vista, o ritmo mais ajustado é fazer coincidir o ano pastoral (e catequético) com o ano escolar, e iniciar a formação catequética com a entrada no primeiro ciclo do ensino básico. Não estaremos a desperdiçar, nestes meses mais calmos, a oportunidade de experimentar outras variantes que complementem os habituais modelos?