Deus

14 de abril de 2020

A ‘última’ verdade

A ressurreição reinterpreta toda a existência terrena de Jesus de Nazaré, «que passou fazendo o bem e curando a todos» (Atos 10, 38), e faz compreender a ‘última’ verdade mais profunda da história da salvação: a última palavra não é nossa e, muito menos, dos poderosos deste mundo; a última palavra é de Deus. Essa Palavra é Jesus de Nazaré, morto e ressuscitado, vivo para sempre.
9 de abril de 2020

Anunciar as obras do Senhor

A escuridão da morte dá lugar à luz da vida. A Páscoa tudo envolve com uma intensa luz, a começar pelas mulheres, as primeiras discípulas, passando por Pedro, João e todos os outros, por Paulo e pelas primeiras comunidades cristãs, de geração em geração, até ao nosso tempo, até ao fim dos tempos.
4 de abril de 2020

Para quem sou eu?

O Papa Francisco desafia-nos a acolher a nossa vida como uma missão para os outros. É importante, como também refere o Papa, o conhecimento próprio, o desenvolvimento pessoal, mas sempre numa perspetiva altruísta. A ‘grande questão’ orienta para o encontro com o Outro e com os outros, faz perceber a vida como um dom que tem sentido quando se torna dávida para os outros.
28 de março de 2020

Uma só coisa é necessária

Jesus Cristo é capaz de se emocionar e de chorar perante a desgraça humana: mostra-nos o rosto humano do Deus da vida. E é capaz de transformar, como enviado do Pai, o mal em bem, o pecado em bondade, a morte em vida. A ação gratuita de Deus, tantas vezes revelada nas palavras e nos gestos de Jesus Cristo, espera uma resposta generosa: confiar.
24 de março de 2020

Regenerar a sociedade

A renovação tem início concreto num anúncio feito a uma jovem de Nazaré. Anúncio que é também proposta que precisa de consentimento. Não se impõe. Este é (sempre) o caminho de Deus. Jamais interfere na nossa liberdade. Não admira, por isso, que Maria tenha ficado «perturbada». A sua resposta tem a capacidade de influenciar o curso da História.
21 de março de 2020

Felizes diante de Deus

Nós sabemos rezar muito bem, quando pedimos coisas e também quando agradecemos ao Senhor, mas a oração de louvor é um pouco mais difícil para nós. Aprendemos a louvar, quando fazemos memória das coisas que o Senhor fez na nossa vida. A memória agradecida torna-nos felizes diante do Senhor.
20 de março de 2020

Abrir os olhos

O Quarto Domingo da Quaresma (Ano A) está centrado na temática da luz. Através de uma catequese, Jesus Cristo mostra-nos como se pode despertar a fé, erradicar as nossas ‘cegueiras’ para descobrir a luminosidade e a beleza da relação com Deus.
14 de março de 2020

Habitados pela presença de Deus

Não há férias, nem suspensão da nossa relação com Deus e com os outros. A ‘quarentena’ forçada aponta para uma Quaresma de conversão ao Evangelho, e para a proximidade de uma Páscoa de renovação e de vida nova. A interrupção das nossas rotinas há de ser acolhida como oportunidade para um novo hábito, tantas vezes relegado para um futuro sempre adiado.
13 de março de 2020

Conhecer a fonte

O Terceiro Domingo da Quaresma (Ano A) fala-nos de água que dá a alegria de viver, que sacia a nossa sede de paz e felicidade. Para nós, cristãos, esta sede só pode ser saciada pelo próprio Deus. Nesta ‘serie’ quaresmal, estamos a adquirir um novo hábito: alimentarmo-nos da ‘palavra que sai da boca de Deus’.
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share