Atos dos Apóstolos

23 de maio de 2020

Metáfora e realidade

Quando é que Jesus Cristo sobe aos Céus, quando é que entra na vida em Deus para sempre e nunca mais morrer? No dia da ressurreição. A partir de Deus (ou dos Céus, significa o mesmo) assegura a perene efusão do Espírito, que ele entregou na crucifixão: ao morrer, diz o evangelho segundo João, entregou o seu espírito. Ao morrer, o que é que aconteceu? Isso mesmo, Deus acolheu-o para sempre no seu seio.
16 de maio de 2020

Confiar na sorte

O Espírito Santo não atua de forma automática ou mágica. Atua sempre connosco e nunca sem nós. Não se pode confundir a ação do Espírito Santo com a espontaneidade e a improvisação. A sua ação está ligada ao nosso esforço e dedicação. Atua, mas através da procura, do empenho, da sensibilidade e da inteligência humana.
9 de maio de 2020

A alegria partilhada

Na mesa, realiza-se a dupla união dos crentes com Jesus Cristo, pela Eucaristia, e dos irmãos entre si, pelo pão partido, repartido e partilhado. Numa mesa assim, antecipa-se a alegria do Reino dos Céus. Se não nos empenharmos, aqui e agora, a promover mesas assim, não teremos qualquer elemento para comparar o Reino e, portanto, não teremos modo de o fazer compreender, nem desejar.
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share