Reflexões dominicais

31 de dezembro de 2019

Esperança renovada

A nossa vida está nas mãos de Deus. Somos filhos amados. Deus sustenta cada um dos dias deste novo ano que nos será dado viver. Como Maria, Mãe da esperança, conservemos a semente de esperança colocada por Deus no nosso coração. Um rebento capaz de germinar em vida nova.
26 de dezembro de 2019

Esperança agradecida

Contagiados pelo desejo e pela esperança, celebramos a humanidade de Deus num Menino recém-nascido no seio de uma família humana. A família de Nazaré nos inspire a pôr em prática, no seio das nossas famílias e comunidades (paroquiais), a mensagem paulina: «vivei em ação de graças».
25 de dezembro de 2019

É Natal! Chegou o Natal!

É Natal! Chegou o Natal! A «ditosa esperança» entrou no mundo com a Incarnação do Filho de Deus, Jesus Cristo. Deus é fiel às suas promessas. A nossa esperança torna-se de facto ‘ditosa’ no pleno cumprimento daquilo que tinha sido anunciado: O Natal está a chegar! Eis-nos em dia de Natal.
19 de dezembro de 2019

Esperança realizada

O Natal está a chegar! Realiza-se a esperança. O Emanuel, Deus connosco, nascerá de Maria, esposa de José. Maria e José, Paulo e muitos outros ao longo da história, foram chamados a uma missão. O assombro do desafio abre os corações à ação do Espírito Santo.
11 de dezembro de 2019

Espera paciente ativa

«Esperai com paciência» é desafio à ação. Não é convite à resignação. O Advento desafia-te a uma espera paciente ativa. Esta semana, começa por conter as tuas reclamações. Pensa primeiro em algo positivo e encorajador. Este é o «Domingo da Alegria», o Terceiro de Advento.
4 de dezembro de 2019

Ter esperança

O protagonista é Deus. Por isso, a esperança tem de ser posta em Deus, não em ti ou nos outros. O Advento convida-te a uma atitude que torne possível o plano salvador. Como Maria, ainda que nem tudo compreendas, enche-te de coragem, permite que Deus faça nascer algo na tua vida.
28 de novembro de 2019

Despertar o desejo

O Advento, que evoca o passado e abre ao futuro, é ocasião para habitar o presente, viver com plena consciência o quotidiano. É tempo litúrgico. Para ti, há de ser também uma maneira de estar na vida. É oportunidade para despertares em ti o desejo de acolher Deus.
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share