Reflexões dominicais

24 de dezembro de 2020

Eis que vem o teu Salvador

É Natal! Celebramos a concretização de todas as promessas. Celebramos o Deus que se faz carne humana para ficar sempre connosco. Celebramos a revelação divina a todos os povos, a começar pelos mais simples e marginalizados. Deus quer viver entre nós e contagia-nos com o seu amor.
17 de dezembro de 2020

Faça-se em mim segundo a tua palavra

Este é o domingo da disponibilidade. Deus vem ao encontro do humano, vem ao teu encontro: «Faz o que te pede o teu coração, porque o Senhor está contigo». E aguarda a disponibilidade da resposta: «faça-se em mim segundo a tua palavra». Estás disponível para acolher o Salvador, Jesus Cristo?
10 de dezembro de 2020

Vivei sempre alegres

«Vivei sempre alegres» — é este imperativo que faz do Terceiro Domingo de Advento (Ano B) o ‘domingo da alegria’. Não é a alegria um sinal da esperança? Não é a alegria um sinal da presença de Deus? Reconheço-a como um fruto do Espírito Santo, a melhor atitude «para dar testemunho da luz».
7 de dezembro de 2020

Graça diante de Deus

Maria é a mais bela criatura, aquela que encontrou «graça diante de Deus», humilde e disponível para acolher o Salvador. A Imaculada Conceição é a prefiguração da Humanidade que «esmagará a cabeça» do pecado. Anuncia e revela o que todos havemos de ser: ícone do Pai, perfeita imagem e semelhança.
3 de dezembro de 2020

Os novos céus e a nova terra

Põe-te a caminho! O Advento não é tempo para a preguiça ou procrastinação. «Nós esperamos, segunda a promessa do Senhor, os novos céus e a nova terra». Deus vem ao nosso encontro. «Preparai o caminho do Senhor»! A esperança da sua vinda ilumina o coração da nossa fé.
26 de novembro de 2020

Somos todos obra das vossas mãos

Advento, tempo de profecia e de esperança: anúncio do Salvador. Nada nem ninguém, mesmo a fragilidade e o pecado, nos pode retirar a fonte da esperança: «Senhor, sois nosso Pai e nós o barro de que sois o Oleiro; somos todos obra das vossas mãos». A profecia chega à plenitude com a vinda do Salvador.
19 de novembro de 2020

Vinde, benditos de meu Pai

A solenidade de Jesus Cristo, Rei do Universo coloca um ponto final no ano litúrgico. O ser humano sempre se questiona sobre o final da história e sobre os sinais que o anunciam e confirmam. Para nós, cristãos, o fim dos tempos já teve o seu início em Jesus Cristo, que nos há de conduzir até à plenitude.
12 de novembro de 2020

Filhos da luz

O alerta do Trigésimo Terceiro Domingo (Ano A) não é para meter medo ou afligir perante qualquer acontecimento inesperado e trágico. É para nos despertar à vigilância ativa e responsável dos ‘talentos’. Os que assim procedem contam-se entre os ditosos «filhos da luz e filhos do dia».
5 de novembro de 2020

Sede de Vós, meu Deus

Estes dias mais sombrios do outono e a proximidade do final do ano litúrgico unem a humana finitude ao desejo de infinito. É uma época propícia para aprofundar a esperança dos ressuscitados. Crente é aquele que está sedento de Deus, por quem suspira «como terra árida, sequiosa, sem água». Tenho ‘sede’ de Deus?