Reflexões breves

19 de dezembro de 2020

Custodiar o mistério da vida

A cada um de nós compete ir além da simples representação. O essencial é ser capaz de acolher o Menino Jesus em cada ser humano, sobretudo nos pobres e marginalizados da sociedade. A Escritura, logo no início, evoca a criação do ser humano à imagem e semelhança de Deus. Trazemos em nós um mistério maior que faz possível que o próprio Deus se torne um de nós!
15 de dezembro de 2020

Acolher o sinal espiritual

A coincidência deste fenómeno, tão magnífico como incomum, em ano tão atípico seja uma oportunidade renovada para acolhermos o sinal teológico e espiritual da Estrela de Belém. Com o coração aberto ao assombro, contra todas as tentativas dos que pretendem empobrecer o sentido da vida, de olhos bem levantados, perceberemos a Estrela que nos guia desde o início e nos quer conduzir à meta.
12 de dezembro de 2020

José, com coração de pai

Francisco quis, na Carta Apostólica Com coração de pai, partilhar connosco algumas reflexões pessoais sobre «esta figura extraordinária, tão próxima da condição humana de cada um de nós». É, portanto, um magnífico testemunho íntimo da sua devoção a São José, por ocasião dos 150 anos da proclamação como Padroeiro da Igreja Católica.
8 de dezembro de 2020

A graça que vence o pecado

Maria é o modelo perfeito da humanidade capaz de dar resposta sempre positiva ao amor divino; neste sentido, é o cume da humanidade que se deixa transcender pela graça de Deus. A Imaculada Conceição, além de fácil admiração, há de provocar em nós total abertura à graça divina e a consequente transformação de mentalidade e de atitudes, em busca da vida.
5 de dezembro de 2020

Unidos somos mais fortes

Os voluntários são agentes provocadores de mudança de mentalidades e comportamentos, testemunham a possibilidade de uma real transformação, da economia à sociedade, do ambiente à política, entre outros. Os voluntários revelam, na prática, o quanto «Deus continua a espalhar sementes de bem na humanidade».
1 de dezembro de 2020

Os olhos de Deus em busca dos nossos

Onde há amor, há um olhar! O Advento abre-nos a esse novo olhar, para que o medo dê lugar à alegria. Hoje, mascarados pela pandemia, relembramos que o olhar é agora mais fundamental para o encontro com os outros, e até connosco próprios: «o olhar é essencial para nos lançarmos na aventura da procura de sentido para a vida».
28 de novembro de 2020

Profecias de Advento

Os pastores e os catequistas (e os demais evangelizadores) têm aqui um exercício interessante (até divertido) a propor aos fiéis/catequizandos: descobrir de que modo as profecias se cumprem nos evangelhos, como é que os tempos messiânicos anunciados pelo profeta Isaías encontram pleno cumprimento em Jesus Cristo.
24 de novembro de 2020

Utopia ou compromisso?

Utopia? Para o cristão, mais do que uma utopia é uma tarefa, um compromisso. Não podemos renunciar aos grandes sonhos! Os cristãos temos a missão de contagiar a todos com este sonho e esperança. É a virtude que nos levanta e põe a caminho, mesmo quando os obstáculos nos parecem intransponíveis. Nós fomos criados para realizar os sonhos de Deus.
21 de novembro de 2020

Inteligentes e sensatos

O que distingue o sábio é a inteligência sensata, ou seja, o sábio é aquele que faz o discernimento na hora de pôr em prática os seus conhecimentos. Hoje, tempos de incerteza, mais precisamos de governantes e pastores com «um coração sábio e esclarecido», que, além de inteligentes (conhecimento), sejam sensatos (comportamento).