Reflexões breves

14 de julho de 2020

Uma ‘nova família’

A família que Jesus Cristo propõe, para além de qualquer outra consideração sobre as afinidades, é a que se fundamenta na fé e no amor, na escuta e na prática da palavra de Deus. Todas as pessoas são convidadas a fazer parte desta ‘nova família’. É uma pena que quando se fala de família, na Igreja, nos tempos atuais, parece que só se pensa num possível tipo de vínculo familiar!
11 de julho de 2020

O serviço da beleza

A beleza pode ser descrita como aquilo que desperta o espanto, provoca a admiração, mesmo quando não é evidente o motivo. A beleza é, por isso, um caminho para a descoberta da Beleza. Nem todos somos artistas, no sentido estrito do termo; mas todos recebemos a missão de fazer da nossa vida profecia e testemunho da Beleza.
4 de julho de 2020

Acompanhar a realidade

Não partilhar determinadas posturas não tem que ser um obstáculo para as acompanhar e apoiar naquilo que podem ter de positivo, bem como respeitá-las naqueles aspetos, mais ou menos discutíveis, que não partilhamos. A todas as realidades familiares podemos acompanhar com amor, respeito e conselho.
30 de junho de 2020

O cheiro das ovelhas

A evangelização, em qualquer circunstância, permanece a mesma: anunciar a boa notícia de Jesus Cristo. A pastoral não só pode mudar, como precisa de constante renovação. A evangelização contém sempre o mesmo bom odor de Jesus Cristo. A pastoral, porém, assume o cheiro próprio de cada uma das ovelhas.
27 de junho de 2020

O ‘terceiro’ elemento

O matrimónio entre dois cristãos não exprime um amor diferente daquele que pode acontecer entre outros casais que se amam, ainda que sem qualquer vínculo civil ou eclesial. Trata-se de uma diferente orientação do amor. Um casal cristão celebra o seu amor como um dom transformador de Deus. Neste casal há uma novidade, um ‘terceiro’ elemento sempre atento e disposto a conduzi-los para o amor divino.
23 de junho de 2020

Traição ou desespero?

A traição é sempre «um rasgão que, de alto a baixo, nos descose [...], estilhaça o nosso quadro interno, precipita-nos na deceção, amarra-nos a um extensa e desconhecida dor». O amor, porém, tem potencial ainda mais forte, a ponto de ser capaz de recoser a amizade. Quando abraço a convicção de que «só quem me ama me pode trair», fico preparado para voltar a unir o frágil tecido da amizade.
20 de junho de 2020

Manso e humilde

Os cristãos, discípulos missionários, somos convidados a aprender com o Mestre a desenvolver um coração manso e humilde. O Coração de Jesus é a expressão da misericórdia, um sinal do grande amor de Deus a cada ser humano. Um amor tanto mais intenso, quanto mais está a pessoa necessitada de amor.
16 de junho de 2020

A força de pertencer

A mudança acontece menos pela pregação ou pelo ensino e muito mais pela construção de relações de confiança e de amizade, através da atenção pessoal e da pertença. Os pequenos grupos surgem como uma ferramenta para fomentar a pertença, de modo que a comunidade se converta numa comunidade de comunidades. São essenciais para uma comunidade expressiva e uma paróquia saudável.
instagram default popup image round
Follow Me
502k 100k 3 month ago
Share