Reflexões breves

21 de dezembro de 2019

Sol Invicto, Deus verdadeiro

Qual foi o dia do nascimento de Jesus Cristo? Uns defenderam o 25 de maio; outros o 17 de novembro; Clemente de Alexandria dizia que tinha sido a 20 de abril; Epifânio sugeriu o seis de janeiro; no ano 535, o imperador Justiniano decretou o dia 25 de dezembro. Mais do que evocar um facto histórico, transmitiu-se um conteúdo de fé: Jesus Cristo é o «Sol Invicto», «nascido do Pai antes de todos os séculos: [...] Deus verdadeiro de Deus verdadeiro».
17 de dezembro de 2019

Revolução do amor

As árvores e as luzes deixaram de ser símbolos cristãos. Tornaram-se meros adornos. Aos cristãos, compete-nos não deixar que se tornem as árvores e as luzes do novo palácio de Herodes, «fechado, surdo ao jubiloso anúncio». O Presépio há de continuar a ser sinal que, por um lado, nos convida à alegria e, por outro, a realizar a revolução do amor.
14 de dezembro de 2019

As riquezas do caminho

A Renovação Inadiável não pode ser tida como um acontecimento instantâneo ou uma revolução, mas como ‘Caminho de Páscoa’, viagem a percorrer em seis passos (sustentados por doze ferramentas) que jamais podem ser descurados, sob pena de perder as riquezas do caminho, pois são essas as forças aceleradoras da mudança.
10 de dezembro de 2019

Qual é o melhor caminho?

O que está em causa é buscar o melhor para a comunidade (paroquial), vencer a resignação própria daqueles que não têm esperança. Implica considerar todas as vantagens e todos os inconvenientes, sem estar apegado a uma única possibilidade.
7 de dezembro de 2019

Despertar energias

O ‘Caminho de Páscoa’, os seis passos da Renovação Inadiável, concretiza-se em doze ferramentas. Com estes recursos, é possível implementar o plano de Renovação Inadiável a fim de que a paróquia não se torne uma «estrutura caduca», mas, fiel à sua missão, esteja «ainda mais próxima das pessoas», seja lugar de «viva comunhão e participação».
3 de dezembro de 2019

Manter viva a chama

Despertar o desejo possibilita a transformação do ser humano a partir da abertura a Deus. Despertar o desejo é «o que mais decisivo se joga em nós» na dupla dimensão espiritual e pastoral, quer para ‘ver’ Deus presente na vida, quer para pôr em marcha o plano de Renovação Inadiável.
28 de novembro de 2019

O Natal está a chegar

Na série ‘O Natal está a chegar’ queremos mostrar a esperança como uma virtude cristã. E, ao mesmo tempo, provar que jamais seremos desiludidos por essa esperança.
26 de novembro de 2019

Comunidade de Pentecostes

Homens e mulheres ressuscitados tornam-se testemunhas da criatividade alegre e cheia de esperança, porque repleta de sentido. Eles constituem a comunidade que se opõe à «sociedade do cansaço»: a «comunidade de Pentecostes», a comunidade dos ressuscitados.
23 de novembro de 2019

Entusiasmo e ousadia

A Renovação Inadiável quer instalar, no ambiente paroquial, o entusiasmo e a ousadia que permitam «respirar um ar renovado, imaginar um futuro melhor e fazer coisas concretas que desencadeiem uma mudança positiva».