Reflexões breves

29 de junho de 2021

Abraçados pelo essencial

A Igreja é ‘minha’, não porque corresponde ao que eu quero, à minha vontade sobre ela, antes porque a amo como ela é, com a sua grandeza e as suas fragilidades; é ‘minha’ porque me disponho a cuidar dela com amor (fraterno).
26 de junho de 2021

Cinco linguagens a aprender

Gary Chapman propõe «As cinco linguagens do amor», cinco modos de experienciar o amor, sendo que cada pessoa está mais predisposta apenas para uma ou duas dessas formas de amar: palavras de apreço; atos de servir; receber presentes; tempo de qualidade; contacto físico.
22 de junho de 2021

Das sombras à esperança

A fraternidade é o caminho da salvação. A «cultura do confronto» pode dar lugar à «cultura do encontro», a fim de «recuperar a paixão compartilhada por uma comunidade de pertença e solidariedade, à qual saibamos destinar tempo, esforço e bens».
19 de junho de 2021

Sei em quem acreditei

A fé é dom, decisão de amor, ato racional. ‘Creio’ é acolher a presença de Deus como uma dádiva, numa espécie de ‘dança’ entre a inteligência racional e a inteligência emocional. Ao proclamar o ‘Credo’ vinculamos a nossa experiência vital ao conteúdo das verdades essenciais da fé.
15 de junho de 2021

Uma arte sempre inacabada

À boa maneira hebraica, repetir o pedido dos discípulos, ao acordar, a caminho do trabalho ou da praia, no banco do jardim, na fila de espera, no regresso a casa, ao deitar, em qualquer momento: «Senhor, ensina-me a rezar».
12 de junho de 2021

Pós-pandemia e pós-digital

O próximo ano pastoral pode ser um ‘laboratório’ que ensaia a compatibilidade da presença física com a digital. Ousemos a ‘coragem criativa’ que articula o valor insubstituível das experiências físicas com as potencialidades únicas dos recursos digitais.
8 de junho de 2021

Pai na ternura

A ternura, na perspetiva do Papa Francisco, é a companhia adequada para a nossa fragilidade. Precisamos de «aprender a aceitar, com profunda ternura, a nossa fraqueza [...] A ternura é a melhor forma para tocar o que há de frágil em nós» e na nossa relação com os outros.
5 de junho de 2021

Viagem para toda a vida

Nas nossas comunidades, em tempo especial dedicado à família (Ano da Família Amoris Laetitia), pode ser oportuna a questão: Como é que estamos a apoiar os jovens no caminho de descoberta da beleza da vocação ao matrimónio?
1 de junho de 2021

Construção de uma inocência

No dia um de junho, em Portugal, comemora-se o Dia da Criança. A efeméride está relacionada com a proclamação internacional, no ano de 1925, em Genebra, durante a Conferência Mundial para o bem-estar da Criança.