Laboratório da fé

20 de março de 2021

Quinto Domingo da Quaresma, Ano B

Depois de Noé, Abraão, de Moisés no Sinai (onde se revela o amor mais forte do que as infidelidades do povo), neste Quinto Domingo, tudo culmina com «uma aliança nova». Aliança que se realiza de forma plena em Jesus Cristo.
20 de março de 2021

Coração aberto para a vida

A Cruz de Jesus Cristo também nos desafia a participar no contágio do amor: ensina a olhar sempre para o outro com misericórdia e amor, ensina a sair de nós mesmos para ir ao encontro e todas as pessoas e lhes estender a mão. «Coragem! Tu não estás sozinho a levar a cruz! Eu levo-a contigo».
19 de março de 2021

A Eterna Aliança

Deus está tatuado dentro de nós, habita o íntimo mais íntimo do nosso ser. O crente confia em Deus, deixa-se amar, deseja um coração puro, abre-se aos frutos da Aliança. É a meta da Nova e Eterna Aliança. O horizonte do humano (crente) é possuir um coração purificado que lhe permita alcançar a visão divina, ‘ver’ a Deus.
18 de março de 2021

Uma aliança nova

Depois de Noé, Abraão, de Moisés no Sinai (onde se revela o amor mais forte do que as infidelidades do povo), neste Quinto Domingo, tudo culmina com «uma aliança nova»: «Hei de imprimir a minha lei no íntimo da sua alma e gravá-la-ei no seu coração». Aliança que se realiza de forma plena em Jesus Cristo.
16 de março de 2021

Crescer no amor familiar

O Ano da Família 'Amoris Laetitia' («A Alegria do Amor»), «para crescer no amor familiar», decorre de 19 de março de 2021 até 26 de junho de 2022, por ocasião do X Encontro Mundial das Famílias sobre o «Amor em família: vocação e caminho da santidade».
13 de março de 2021

Quarto Domingo da Quaresma, Ano B

Deus propõe o caminho do bem; ama cada um e, da parte do ser humano, espera acolhimento e resposta positiva ao seu amor. Em qualquer caso, a misericórdia divina não está condicionada aos nossos comportamentos, bons ou maus. A misericórdia e o perdão de Deus jamais dependem da nossa conduta moral ou prática religiosa.
13 de março de 2021

Dois remédios eficazes

Seria bom que cada um de nós se interrogasse: «Como é o meu coração diante das pessoas? Sou um hipócrita, que faço um sorriso e depois pelas costas critico e destruo os outros? Sou um hipócrita, que sorrio e depois por trás critico e destruo com a minha língua?». Então, «se nós, no final da Quaresma, tivermos sido capazes de corrigir um pouco isto, garanto-vos que a Ressurreição de Jesus se verá mais bela, maior entre nós».
12 de março de 2021

A misericórdia

Deus propõe o caminho do bem; ama cada um e, da parte do ser humano, espera acolhimento e resposta positiva ao seu amor. A misericórdia divina não está condicionada aos nossos comportamentos, bons ou maus. A misericórdia jamais depende da nossa conduta moral ou prática religiosa.
11 de março de 2021

Desprezavam as suas palavras

Misericórdia é outro nome para dizer a Aliança. Apesar das múltiplas infidelidades, «desprezavam as suas palavras», Deus, «rico em misericórdia», dá a conhecer a «abundante riqueza da sua graça e da sua bondade para connosco». Deus não julga, não condena; é o ser humano quem se condena, quando volta as costas à luz.