Laboratório da fé

3 de janeiro de 2020

Da esperança à alegria

A Epifania é a manifestação de Deus a «uns Magos». Vista na perspetiva daqueles homens, pode-se apelidar esse acontecimento de «Festa dos Magos» ou «Dia de Reis». Mas o mais importante é que Deus se dá a conhecer e, neles, dá-se a conhecer a todos os tempos e culturas, até hoje.
31 de dezembro de 2019

Esperança renovada

A nossa vida está nas mãos de Deus. Somos filhos amados. Deus sustenta cada um dos dias deste novo ano que nos será dado viver. Como Maria, Mãe da esperança, conservemos a semente de esperança colocada por Deus no nosso coração. Um rebento capaz de germinar em vida nova.
31 de dezembro de 2019

Sois filhos

A liturgia da Igreja consagra o primeiro dia do ano a Santa Maria. Há uma semana, celebramos a alegria do nascimento de Jesus Cristo. Hoje, é um dia para continuar a contemplar a esperança que brota do Presépio como revolução do amor e da paz. A necessidade que todos temos de cultivar a nossa vida interior.
31 de dezembro de 2019

A novidade está na bondade

‘Próspero Ano Novo’ chega quando acreditamos na potência da bondade. Quem crê no novo que brota da bondade, sabe que é possível avivar a esperança de uma vida feliz, de uma comunidade ativa e cheia de entusiasmo, de um mundo melhor. A bondade nunca é repetida, é sempre nova, sempre portadora de renovação.
28 de dezembro de 2019

Reencontrar o sentido da vida

O coração da vida não está no exterior, mesmo que se trate de silêncio. Este, o silêncio exterior, é apenas um meio. O que dá sentido à vida é o reencontro com o ‘nosso’ silêncio interior. É como «uma melodia, uma luz». Ele é o próprio Deus que «dá sentido à minha vida». É aí que «todos nos reencontramos»!
26 de dezembro de 2019

Vivei em ação de graças

Neste domingo dentro da Oitava do Natal, a festa da Sagrada Família de Jesus, Maria e José permite-nos um olhar mais tranquilo ao mistério do Natal. Através de uma família humana, Deus fez-se um de nós, tomou a nossa carne. A lição do silêncio e da família, do amor e da gratidão.
26 de dezembro de 2019

Esperança agradecida

Contagiados pelo desejo e pela esperança, celebramos a humanidade de Deus num Menino recém-nascido no seio de uma família humana. A família de Nazaré nos inspire a pôr em prática, no seio das nossas famílias e comunidades (paroquiais), a mensagem paulina: «vivei em ação de graças».
25 de dezembro de 2019

A ditosa esperança

O Natal não é só o aniversário natalício de Jesus Cristo. É a celebração do nascimento de Deus em cada um de nós. É também o nosso nascimento que se torna possível. Jesus Cristo continua a ‘nascer’ no ‘presépio’ do nosso coração, esse lugar único em que se torna possível saborear a presença divina.
25 de dezembro de 2019

É Natal! Chegou o Natal!

É Natal! Chegou o Natal! A «ditosa esperança» entrou no mundo com a Incarnação do Filho de Deus, Jesus Cristo. Deus é fiel às suas promessas. A nossa esperança torna-se de facto ‘ditosa’ no pleno cumprimento daquilo que tinha sido anunciado: O Natal está a chegar! Eis-nos em dia de Natal.