Laboratório da fé

19 de setembro de 2020

Vigésimo Quinto Domingo, Ano A

Deus toma a iniciativa de vir ao nosso encontro e a todos oferecer o seu amor. Ele quer-nos assim, à sua imagem e semelhança, sempre disponíveis para amar e perdoar. Por isso, continua «a contratar trabalhadores para a sua vinha: [...] Ide vós também para a minha vinha».
19 de setembro de 2020

Aonde queremos chegar?

Os processos de renovação bem sucedidos foram capazes de desenvolver uma «imagem do futuro» apelativa e fácil de comunicar. Por isso, uma comunidade que se decide a implementar a transformação espiritual e pastoral (Renovação Inadiável) precisa de definir a ‘sua’ visão pastoral. Sem ela, o fracasso está assegurado!
18 de setembro de 2020

Inveja e murmuração

A inveja e a murmuração destroem a comunidade. São uma janela aberta para a entrada do mal, uma barreira ao amor e ao perdão. São um veneno que divide a comunidade. O Papa Francisco não se cansa de alertar para estes dois grandes males pessoais e comunitários.
17 de setembro de 2020

Viver de maneira digna do Evangelho

Deus toma a iniciativa de vir ao nosso encontro e a todos oferecer o seu amor. Ele quer-nos assim, à sua imagem e semelhança, sempre disponíveis para amar e perdoar. Precisamos de converter os olhares e os corações para acolher os pensamentos e os caminhos de Deus: «Procurai somente viver de maneira digna do Evangelho de Cristo».
15 de setembro de 2020

Caminho de santidade

A fidelidade é um dom divino que acompanha todos os homens e mulheres que decidem viver a alegria da perseverança. Em qualquer estado de vida, não são fardo pesado, coisa fora da moda ou teimosias do passado. A fidelidade e a perseverança vivem-se na atualidade com alegria e conjugam-se com criatividade. Este é o nosso, o de todos os cristãos, caminho de santidade.
12 de setembro de 2020

Vigésimo Quarto Domingo, Ano A

A comunidade cristã toma como fonte inspiradora o comportamento divino: «Não está sempre a repreender, nem guarda ressentimento. Não nos tratou segundo os nossos pecados, nem nos castigou segundo as nossas culpas». É um salto de qualidade que supera a rigidez da justiça humana e a dureza inflexível da vingança para mergulhar na dinâmica do perdão.
12 de setembro de 2020

Espiritualidade ecológica

Aos cristãos, o Papa lembra que «a espiritualidade não está desligada do próprio corpo nem da natureza ou das realidades deste mundo, mas vive com elas e nelas, em comunhão com tudo o que nos rodeia» (LS 216). É hora de implementar uma espiritualidade ecológica, de modo que possa emergir, no respeito e cuidado pela Casa Comum, «todas as consequências do encontro com Jesus».
11 de setembro de 2020

Perdoar 70×7

A comunidade cristã toma como fonte inspiradora o comportamento divino: «Não está sempre a repreender, nem guarda ressentimento. Não nos tratou segundo os nossos pecados, nem nos castigou segundo as nossas culpas». É um salto de qualidade que supera a rigidez da justiça humana e a dureza inflexível da vingança para mergulhar na dinâmica do perdão.
10 de setembro de 2020

Pertencemos ao Senhor

Não há limite para o perdão?! Jesus Cristo diz-nos que não faz sentido fazer contas. A comunidade cristã caracteriza-se pelo perdão mútuo e incondicional. Perdoar sempre sem se cansar. Perdoar sempre a todas as pessoas e em todas as circunstâncias. Perdoar é uma alternativa saudável, é um salto de qualidade na vida pessoal e comunitária.